• Ana Paquete

Picadinho de carne e legumes





Quando morava em São Paulo-capital, alguns restaurantes próximo ao trabalho apresentavam o prato do dia. Um dia era destinado à feijoada, outro ao contra filé à parmegiana, e por fim, o Picadinho de carne com legumes.


Existem muitas histórias associadas a este prato, talvez a mais difundida seja que tenha surgido nos anos 50, na boémia carioca. Que era um estilo de vida não convencional, de pessoas que gostavam de se divertir à noite, de viver sem regras, alegres e despreocupados. Um comportamento eventualmente ligado às actividades musicais, artísticas ou literárias. O tal "jeitinho malandro brasileiro".

Mas voltando à história, o prato surgiu nesta época para suprir aquela fome de madrugada, ganhou fama na boate "Meia Noite", uma casa noturna no bairro de Copacabana - RJ, conhecida por receber celebridades nacionais e internacionais.

Esta comida de madrugada, ultrapassou fronteiras e se tornou um ícone em diversos restaurantes.

Em São Paulo, o Picadinho de carne com legumes, não é um Prato Feito qualquer, em alguns restaurantes entra na categoria "PF Executivos". O "PF" significa Prato Feito, uma comida básica e normalmente composta de arroz, feijão, salada, e um bife ou frango. Já a versão executivo, é mais elaborada, com mais opções podendo servir até duas pessoas.

Ao espreitar a elaboração deste prato, você irá perceber que ele é um cozido, um primo do "Cozido à portuguesa".

A carne do picadinho pode ser confecionada com acém, alcatra, patinho, coxão mole, músculo ou Patinho.

Em Portugal eu optei por usar novilho, mas pode ser usado a alcatra, cachaço, maçã do peito ou outra carne de sua preferência para guisar.

E vamos espreitar a receita?

Use o Dicionário de cozinha para conhecer os termos culinários diferentes entre Brasil e Portugal.

PICADINHO DE CARNE E LEGUMES

Rendimento: 2 porções

Ingredientes:

500 gramas de novilho em cubos

1 cenoura

250 gramas de batata

100 gramas de ervilha

1 cebola

3 dentes de alho

1 ramo de alecrim

2 folhas de louro

2 colheres de farinha de trigo

folhas de tomilho fresco

1 pitada de pimento doce

1 pitada de paprica

sal qb

pimenta qb

Salsa qb

Modo de preparo:

1. Corte as cebolas em cubos. Alhos em pedaços pequenos.

2. Corte a cenoura em rodelas grossas. Já as batatas em cubos.

3. Em seguida vamos preparar a carne. Primeiro, seque os cubos de carne com um papel toalha ou pano de cozinha. A carne deve estar seca para depois ser envolvida na farinha de trigo.

Coloque a carne em um recipiente e deite as duas colheres de farinha e misture bem.

4. Em uma panela grande e com o lume alto, deite três colheres de azeite e coloque um terço dos cubos de carne. Neste momento você irá apenas selar a carne. Não é para fritar os cubos de carne, vamos apenas dourar cada lado. É necessário fazer aos poucos e com todos os cubos de carne.

Nesta técnica a farinha irá engrossar o caldo e o "queimadinho" que ficará no fundo da panela, serve para dar mais sabor.

5. Depois da selagem, reserve carne.

6. Na panela onde foi feita a selagem, adicione mais uma colher de azeite e refogue a cebola e alhos picados.

7. Em seguida adicione as batatas, ervilhas, cenoura, os cubos de carne, sal, pimenta e carne. Mexa bem.

8. Acrescente 2 chávenas de água (ou até cobrir a carne) e coloque tomilho, alecrim bem picado, folhas de louro, uma pitada de paprica e pimento doce. Misture bem e deixe cozinhar por aproximadamente 20 minutos.

9. A carne deverá estar macia, não mole demais. E todos os legumes bem cozidos. Por isso observe o tempo de cozimento.

10. Se o caldo ficar muito liquido, acrescente uma colher de sobremesa de maisena, para engrossar um pouco mais.

11. Para finalizar, adicione salda picada.

Sirva com arroz branco.

Bom apetite!

12 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo