• Ana Paquete

Pão de trigo no tacho



Fazer pão é mais do que preparar um alimento é lembrar de dias felizes com minha mãe na cozinha.

Toda vez que faço pão lembro-me dela. Meu coração se enche de alegria.

Minha mãe fazia o pão no forno a lenha, um sabor diferente, outra textura, um jeito toda dela de cozinhar.

Lembro de ver a mesa cheia de pães para a semana, para alimentar toda a família.

Boas lembranças!

E cá em casa, não pode faltar pão. E quem é que não gosta de um pão fresquinho não é mesmo?

Esta é a receita que faço sempre quando não tenho o fermento natural.

Aqui na página, tem outra receita interessante que vale a pena conhecer é o Pão de mistura com fementação longa.

Esta receita é bem simples, requer um pouco de paciência para a fermentação, mas garanto que irá valer cada pedaço.

Dois pontos importantes da receita.

Primeiro: todos os ingredientes são pesados, até mesmo a àgua.

Parece estranho mas é bem assim que funciona na panificação. Pesar os ingredientes é importante para a receita correr bem, manter o equilibrio, ter um bom resultado e desperdícios. É como fazer um bolo, temos que seguir a receita!

Caso não tenha balança, pode usar copos medidores.

Segundo: em todas as todas as receitas de pão que faço, o primeiro passo é juntar a farinha e água e deixar descansar por 20 minutos e no máximo 1 hora. Este descanso é chamado de Autólise, que serve para relaxar o glúten e tem a vantagem de encurtar o tempo de amassadura e facilita a moldagem da massa. O pão produzido com está técnica terá uma melhor textura e sabor, além de conservar os nutrientes da farinha. E assim, teremos um pão perfeito!


Agora vamos para a receita!


PÃO DE TRIGO NO TACHO


Ingredientes:

500 gramas de farinha de trigo

330 gramas de água

10 gramas de sal fino

5 gramas de fermento seco, ou se preferir, 15 gramas de fermento fresco

farinha para polvilhar q. b.


Modo de preparo:

1. Num recipiente deite a farinha e àgua, misture tudo muito bem e deixe descansar por 20 minutos. (Fase da autólise)

2. Leve a mistura na batedeira, deite o sal e o fermento, comece em velocidade baixa e vai aumentando aos poucos. Bate por até 5 minutos.

Se preferir, pode não utilizar a batedeira, sove a massa por 5 minutos ou até ela ficar lisa.

Enquanto sove a massa numa bancada, acrescente aos poucos farinha para a massa não grudar. Mas cuidado para não adicionar muita farinha.

3. Tape a massa e deixe descansar por mais 30 minutos.

4. Passado este tempo, puxe as pontas da massa para o centro. Faça esta operação duas vezes, 1 a cada 30 minutos.

5. Em seguida, transfira a massa para uma bancada polvilhada com farinha e enrole a massa para um pão redondo, transfira para um cesto, tape e deixe descansar por até 45 minutos.

Eu uso o bannetton, deito um pouco de farinha de arroz e adicone a massa e tapo. Mas caso não tenha o banneton, utilize um outro cesto de pão. Não coloque a massa direito no cesto. Forre o cesto com um pano e deite um pouco de farinha para a massa não grudar. Se tiver farinha de arroz, melhor.

6. Vinte minutos antes do pão terminar de levedar, pré aqueça o forno a 230ºC e coloque o tacho de ferro ou de barro lá dentro.

7. Com cuidado tire o tacho e, para transferir o pão para o tacho, utilize o papel manteiga, desta forma o pão não irá grudar no tacho.

Não precisa retirar o papel, depois do pão assado será mais fácil retirar o pão.

8. Faça um leve corte na massa.

9. Tapar o tacho e levar ao forno por 40 minutos, após este tempo, retire a tampa e deixe por mais 10 minutos para ganhar cor.

10. Retire com cuidado do forno e espere esfriara para saborear.



Cesto Banneton:














Cesto de pães:



52 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo